Horário: Das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00

Museu de Lamego

Largo de Camões 5100-147 Lamego

Museu de Lamego

Museu de Lamego

fachada Museu de Lamego

O Museu de Lamego é a instituição que tem sob a sua responsabilidade a gestão direta do projeto Vale do Varosa, permitindo uma gestão de proximidade e beneficiando o projeto dos recursos e know-how de um equipamento cultural já previamente instalado na região.

O Museu de Lamego está instalado no antigo Paço Episcopal, mandado reedificar no séc. XVIII pelo bispo D. Manuel de Vasconcelos Pereira. Fundado em 1917, na sequência da implantação da República e consequente nacionalização dos bens da Igreja, o seu espólio foi inicialmente constituído pelos objetos já existentes no Paço, complementado com diversos elementos provindos do extinto Convento das Chagas de Lamego, aos quais se somaram o acervo arqueológico da Câmara Municipal e, até aos nossos dias, com o seu permanente enriquecimento através de doações.

A coleção em exposição permanente reflete a história e percurso do museu, destacando-se pelo seu ecletismo e qualidade individual das suas peças.

O espólio original do Paço Episcopal, sobretudo composto por mobiliário, tapeçaria, pintura e escultura, é largamente complementado com elementos de ourivesaria, paramentaria, azulejaria e, de forma destacada, com a remontagem de alguns dos retábulos de talha dourada das capelas do extinto Convento das Chagas de Lamego.

De toda a coleção, assumem especial relevância os objetos classificados pelo Estado Português como Tesouros Nacionais: uma arca tumular medieval, decorada com uma cena de caça; os painéis que Vasco Fernandes (Grão Vasco) pintou para a capela-mor da Sé de Lamego entre 1506 e 1511; o conjunto de tapeçarias flamengas, tecidas em Bruxelas na primeira metade do século XVI que inclui os quatro panos com desenho atribuído a Bernard Van Orley, representando a tragédia de Édipo, e os painéis de azulejos figurados com cenas bucólicas e de caça, do século XVII.