Centro Interpretativo do Mosteiro de São João de Tarouca encerrado temporariamente

O Centro Interpretativo do Mosteiro de São João de Tarouca encontra-se temporariamente encerrado ao público, mantendo-se visitável a igreja e a área arqueológica. O encerramento manter-se-á enquanto decorrem os trabalhos de valorização do espaço, no âmbito da segunda fase do “Projeto Vale do Varosa”, promovido pela Direção Regional de Cultura do Norte e cofinanciado pelo Programa Norte 2020.

O Vale do Varosa 2 constitui a segunda fase de um projeto que arrancou em 2009 com financiamento ON2, que levou à criação e abertura ao público de rede de monumentos Vale do Varosa,  e que incluiu a recuperação parcial e abertura ao público do Mosteiro de São João de Tarouca, Mosteiro de Santa Maria de Salzedas e Convento de Santo António de Ferreirim, enquanto imóveis históricos de enorme valor identitário, artístico e patrimonial, e como tal, de elevado potencial turístico.

Já em abril de 2014 a rede foi ampliada com a integração na rede da Ponte Fortificada de Ucanha e da Capela de São Pedro de Balsemão.

A segunda fase do projeto prevê a sua continuação, consolidação, alargamento e melhoria através de um conjunto de ações que visam o alargamento das áreas de visita já abertas ao público; integração de novos elementos patrimoniais nos percursos de visita; aumento da diversidade de elementos e temáticas de visita e o reforço da comunicação do projeto.

Os trabalhos de valorização no Centro Interpretativo do Mosteiro de São João de Tarouca juntam-se à já consolidada intervenção de conservação e restauro do teto da antiga Botica do Mosteiro de Santa Maria de Salzedas (Tarouca) que marcou ainda em 2018 o arranque da operação “Projeto Vale do Varosa 2”, num investimento global de cerca de 2 milhões de euros.